Programa da Afubra, dia 10 de novembro de 2018

10, novembro de 2018

A possibilidade do aumento da taxação de impostos no cigarro produzido no Paraguai não traz expectativa muito positiva para o setor produtivo. Segundo o secretário da Afubra e presidente da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Tabaco, Romeu Schneider, a elevação ainda seria pequena em relação à tributação do cigarro produzido no Brasil. Cita, como exemplo, o custo de um maço de cigarros do Paraguai vendido entre R$ 2,50 a 3,00 e o brasileiro, cujo menor preço é de R$ 5,00.  Fala também do aceno do Governo eleito para uma maior fiscalização das fronteiras do Brasil para proibir com maior eficácia o contrabando de diversos itens comercializados com certa liberdade no País.

Na sequência, o assessor para Eventos Agropecuários da Afubra, Márcio Almeida, anuncia o período de inscrições para agroindústrias participarem da Expoagro Afubtra 2019, documentos necessários e locais de inscrição.

 

Produção e edição: Elpídio Jair Iser - Departamento Comunicação Afubra

Tags: Tabaco, Contrabando, Cigarro, Câmara Setorial, Expoagro Afubra, Agroindústrias

COMPARTILHAR:

Arquivos relacionados:

Arquivo 01 - Clique para baixar

Top