Entre bons clientes e comerciantes

23, março de 2017

É comum encontrar, no Parque de Exposições da Expoagro Afubra, em Rincão Del Rey, no município de Rio Pardo/RS, visitantes com sacolas em mãos. Muitas delas, aliás, provêm do Pavilhão das Agroindústrias Familiares, onde são adquiridos produtos diversos. Os técnicos agrícolas Tawã Fagundes Carvalho e Jakson Silveira Figueira, de Encruzilhada do Sul/RS, também aproveitaram o último dia de evento para conferir as opções do local.

Para eles, a possibilidade de se atualizar sobre a área de atuação, as novidades em tecnologias e a chance de fazer novos contatos motivam visitas, durante o dia todo, a cada edição. No ambiente destinado às agroindústrias não é diferente. Tawã, inclusive, não resistiu e acabou adquirindo um salaminho.

As amigas Rita Gomes e Ivonice Bujs, de Barão do Triunfo/RS, também visitaram o Pavilhão das Agroindústrias Familiares com a ideia de adquirir novas mudas de flores, além de peças de artesanato. O preço e a boa qualidade dos produtos atraem a dupla, que veio acompanhada dos maridos, todos os anos.

Do outro lado do balcão, Vitório Pedro Zanella, de Encantado/RS, contabiliza, animado, o volume de vendas. Na Expoagro Afubra 2017, somente da chimia de erva-mate foram 400 unidades comercializadas. No seu estande ainda é possível adquirir geleias, outros tipos de chimias, como a de tomate com pimenta, e frutas em calda. “Trouxe 70 caixas com produtos. Em algumas havia 15 potes. Em outras, 24. Agora (cerca de 16h de quinta-feira) acredito que eu ainda tenha três caixas para comercializar”, conta sorrindo.

Outro empreendedor que vê, alegre, seu estande “esvaziar” é Cleverton Mugnaga, de Caxias do Sul/RS. No local é possível adquirir orquídeas e pitaias. “Hoje já vendi 85% do que eu trouxe. Tenho muitos clientes formados na região. O retorno em participar da feira tem sido muito bom”, afirma.

 

Jorn. Heloísa Letícia Poll – MTb/RS 16.24 – Expoagro Afubra 2017

Fotos: Lula Helfer/Afubra

COMPARTILHAR:

Top