Coral da Afubra

Coral da Afubra

O Coral da Afubra foi fundado em 17 de janeiro de 1995, com o propósito de, por meio da música e do canto, incrementar as manifestações culturais apoiadas e incentivadas pela sua mantenedora, a Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra). A primeira apresentação ocorreu por ocasião das comemorações dos 40 anos da entidade, naquele ano. O repertório inclui canções religiosas, folclóricas e populares e, em diversos idiomas.

Em 2004, no cinquentenário da Afubra, o Coral gravou seu primeiro CD “Cantando para Deus”, com 19 canções. Já em 2006, em parceria com a Banda do 8º Batalhão de Infantaria Motorizado (BIMTZ), de Santa Cruz do Sul, RS – atual 7º Batalhão de Infantaria Blindado -, apresentou o segundo CD, nominado “Cultivando o Patriotismo”, com dez hinos. Para comemorar os 60 anos da entidade e os 20 anos do Coral, em 2015, foi lançado o terceiro CD e o primeiro DVD do grupo “Cultivando Emoções e Celebrando a História”. O trabalho teve a participação do Coro Masculino da Afubra e tem 20 canções no CD e 24 apresentações no DVD, com músicas gaúchas, brasileiras, alemãs, italianas, espanhola e inglesa.

Destaque: No decorrer da história, o Coral da Afubra recebeu em 1998, o Troféu Destaque em Música, promovido pelo Rotary Club Santa Cruz do Sul e Gazeta Grupo de Comunicações. Em 2008, o Mérito Cultural Oktoberfest, também em Santa Cruz do Sul.

Hoje: O Coral da Afubra possui 28 componentes. A presidência é do gerente de eventos da entidade, Agostinho Wilges. Já a regência é do professor Abílio Piovesan e a regência auxiliar e preparo vocal é do Gustavo Henrique Sehnem.

Coro Masculino Afubra

Fundado em 29 de agosto de 2010, com o objetivo de ampliar as ações da Afubra na área cultural. A primeira apresentação ocorreu durante o XIV Encontro de Corais da Afubra, realizado pela entidade, em 2010. O grupo - composto por 13 integrantes - participou do CD e DVD “Cultivando emoções e celebrando a história”, lançado em 2015, em comemoração aos 60 anos da instituição e aos 20 anos do Coral da Afubra.

Hoje: O presidente do Coro Masculino é o gerente de eventos da Afubra, Agostinho Wilges. Já a regência é do professor Abílio Piovesan e a regência auxiliar e preparo vocal é do Gustavo Henrique Sehnem.

Nenhum compromisso em janeiro.

Nenhum compromisso em fevereiro.

Nenhum compromisso em março.

Nenhum compromisso em abril.

Nenhum compromisso em maio.

Nenhum compromisso em junho.

Nenhum compromisso em julho.

Nenhum compromisso em agosto.

Nenhum compromisso em setembro.

Nenhum compromisso em outubro.

Nenhum compromisso em novembro.

Nenhum compromisso em dezembro.

Um canto de Amor à Natureza

Letra e música: Nicétio Endler

Adaptação arranjo: Carmo J. Gregory - Data: Dez/2003


OUVIR

O Sol brilhou e iluminou 
Os verdes campos da seara fraternal.
E o sol brilhou e forneceu a luz
e o calor para aquecer o chão
que originou o milagre da brotação.

O sol brilhou e veio o vento afagar suavemente
As folhas verdes e as flores do jardim.

Oh! Sim.
E Deus mandou benevolente
A chuva para irrigar a planta no chão.
E produzir os frutos na mesa, partilhar
E, desta forma, dar aos filhos sua sustentação.

Oh! Sim.
Ainda falta enaltecer, enfim,
A magia da lua prateada.
Relembrando as noites tão bonitas,
Tão românticas e mais dolentes, mais lirismo,
Nas noites claras do rincão.

Oh! Sim. 
A natureza, assim sonhada,
Traz o encanto e convida a cantar
A música divina que brotou do puro amor,
A música divina que nasceu do verbo amar:
Eu amo, tu amas, nós amamos a música, a música divina 
Que brotou do puro amor, a música divina
Pelo infinito a navegar.
Assim como um sonho. A terra produziu
Bem fartos os frutos; a todos quer servir
Como prenúncio celestial num gesto de grandeza,
No sentido mais fraterno da própria natureza,
Da bela natureza, divina natureza.

Hino da Afubra

Guido Seffrin

Arranjo: Carmo J. Gregory


OUVIR

A entidade, feliz, representa belo exemplo de luta e labor,
Os fumais mil famílias sustentam, como prova de imenso valor.
Seriedade e confiança cativas, pioneira em consciência ambiental,
Preservando as matas nativas, renovando o poder florestal.

//: Salve, Afubra, é sobre um pé de fumo que tua mão abençoa os fumais,
Segue, pois, o teu firme e certo rumo, a cumprir com teus nobres ideais ://

Mutualismo, bandeira sagrada, em defesa do fumicultor,
Verde é Vida, campanha arrojada, devolvendo a terra ao Senhor.
Com o apoio a diversas culturas, a entidade incentiva a plantar,
Seu trabalho são metas seguras, para a classe a sua renda aumentar.

×
Cultivando o Patriotismo

Cultivando o Patriotismo

2006
ver faixas comprar
×
Cantando para Deus

Cantando para Deus

2004
ver faixas comprar
Cultivando Emoções e Celebrando a História

Cultivando Emoções e Celebrando a História

2015
ver faixas comprarouvir

Cultivando Emoções e Celebrando a História

Cultivando Emoções e Celebrando a História

2015
ver faixas comprarouvir
Top